Eu participo no Facebook
http://www.euparticipo.org/portugal/acção social/Boletins-Eleitorais-Reformulados
Nuno Aer

acção social

Boletins Eleitorais Reformulados

Para garantir os direitos dos invisuais, colocar o nome dos partidos em Braile.
09 Outubro 2009
Toda a gente conhece os já vários obstáculos que os invisuais têm que ultrapassar para conseguirem sobreviver com um mínimo de qualidade de vida, desde os mais óbvios (perda de uma grande parte da sua independência) até outros como dificuldade no acesso a empregos, uma vez que praticamente todos requerem visão.

Assim, de forma a garantir a possibilidade de voto sem medos por parte dos invisuais, proponho o seguinte: diminuir o dinheiro fornecido aos partidos para ser gasto em   continuar a ler a proposta continuar a ler a proposta
Toda a gente conhece os já vários obstáculos que os invisuais têm que ultrapassar para conseguirem sobreviver com um mínimo de qualidade de vida, desde os mais óbvios (perda de uma grande parte da sua independência) até outros como dificuldade no acesso a empregos, uma vez que praticamente todos requerem visão.

Assim, de forma a garantir a possibilidade de voto sem medos por parte dos invisuais, proponho o seguinte: diminuir o dinheiro fornecido aos partidos para ser gasto em campanhas eleitorais, diminuindo dessa maneira a "intensidade" das campanhas e aproveitar esse dinheiro para investir em boletins de voto com Braile ou, pelo menos, fazer uma contabilização aproximada dos invisuais por cada local, de maneira a enviar o número exacto de boletins em Braile necessários.

Sinceramente, não sei qual é o panorama actual para os invisuais no que respeita a boletins de voto. Caso o que proponho já esteja a ser posto em prática, fico feliz. Caso não o seja, penso que seria uma medida a ser pensada.
  • concordam

  • concordam 12

  • discordam

  • discordam 0

apoiantes da proposta

  • Micael Sousa
  • António Azevedo
  • Joana Azevedo
  • J.Pereira
  • Mário Ferreira
  • António G.
  • Rita
  • Verdocas
  • ver mais apoiantes

comentários comentários

Não se pode apenas imprimir o numero de boletins necessários para os invisuais registados. Imaginem que estão numa freguesia com 3 invisuais. Imaginem agora uma taxa de abstenção de 50%. Iriam votar sabendo que só havendo 3 boletins as pessoas ficariam a saber em quem votaram? continuar a ler o comentário
Não se pode apenas imprimir o numero de boletins necessários para os invisuais registados.
Imaginem que estão numa freguesia com 3 invisuais. Imaginem agora uma taxa de abstenção de 50%. Iriam votar sabendo que só havendo 3 boletins as pessoas ficariam a saber em quem votaram? Eu não mas também não sou invisual. Deixemos aos invisuais decidirem em que condições estão dispostos a participar nas eleições.

J.Pereira 18 Outubro 12h51

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário
Penso que temos de ser sustentáveis e realistas. Não se vão imprimir TODOS os boletins em braille, mas apenas os que forem necessários. Ou então caso não se apure o nº de invisuais da freguesia, terem sempre uma quantidade razoável de boletins para o caso de serem continuar a ler o comentário
Penso que temos de ser sustentáveis e realistas. Não se vão imprimir TODOS os boletins em braille, mas apenas os que forem necessários. Ou então caso não se apure o nº de invisuais da freguesia, terem sempre uma quantidade razoável de boletins para o caso de serem precisos! Todos têm direito a votar! A questão coloca-se quando passarmos para o voto electrónico.. mas aí penso que será apenas uma questão de colocar no aparelho uma ranhura para se introduzir uns auscultadores e o invisual poder escutar as opções existentes.

Samuel Coelho 18 Outubro 10h27

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário
concordo com a proposta com salvaguardas para o caso de so alguns boletins serem impressos em braille. Temos de garantir o voto secreto e portanto so em localidades com muitos invisuais é que se poderia imprimir apenas alguns buletins de voto em braille. Nos outros teria de ser a totalidade ou continuar a ler o comentário
concordo com a proposta com salvaguardas para o caso de so alguns boletins serem impressos em braille.
Temos de garantir o voto secreto e portanto so em localidades com muitos invisuais é que se poderia imprimir apenas alguns buletins de voto em braille. Nos outros teria de ser a totalidade ou um percentagem razoavel que seriam igualmente usados por nao invisuais.

J.Pereira 15 Outubro 21h09

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário
Porque a impressão talvez ficasse exageradamente cara e, como quem precisa de Braille é uma minoria, evitar-se-iam desperdícios.

Nuno Aer 12 Outubro 18h03

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário
Mas e porque é que não se implementa uma versão braille em todos os boletins de voto?

Jonas 12 Outubro 11h28

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário
Quando vi esta proposta nem quis acreditar que esta situação não estava prevista. E apesar de ter encontrado esta notícia http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1392836 parece que continua tudo mais ou menos na mesma. Impressionante! Aproveito para deixar esta reportagem continuar a ler o comentário
Quando vi esta proposta nem quis acreditar que esta situação não estava prevista.
E apesar de ter encontrado esta notícia http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1392836 parece que continua tudo mais ou menos na mesma. Impressionante!

Aproveito para deixar esta reportagem na RTP acerca deste tema
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Invisuais-continuam-sem-sistema-que-garanta-o-voto-secreto.rtp&headline=20&visual=9&tm=62&article=286106

Paulo Ribeiro 12 Outubro 11h15

  • comentário interessante
    comentário desconstrutivo
    comentário inapropriado
    apagar comentário

video euparticipo

youtube

Software Livre

"Rejeição das patentes de software, promoção do software livre e formatos livres"